Parceiros

Astrologia: O que esperar da nova década

Falta exatamente um mês para o início de 2020. E, na iminência de uma nova década, é natural que muita gente se questione sobre o futuro. Especialmente em um contexto de mudanças tecnológicas, crises políticas e econômicas, além de transformações profundas na forma como nos relacionamos.

Mesmo que não seja possível adivinhar, exatamente, como será o futuro, a Astrologia é capaz de apontar tendências que podem nos levar a resoluções mais assertivas. Por isso, o Metrópoles convidou a astróloga Flávia Dias para analisar o movimento dos astros e revelar o que eles nos reservam para os próximos dez anos.

“Uma nova década começa, mas estamos dentro de um final de ciclo muito pesado. A mudança desse padrão de energia deve ser percebida a partir de 2023 e ganha força em 2026”, adianta a profissional.

Confira mais previsões para a próxima década:

Dinheiro

“Em 2019, Urano entrou em Touro onde deve permanecer até 2026. Assim como Capricórnio, Touro também é um signo de terra e cuida dos temas materiais: dinheiro, riquezas, estabilidade, propriedade, segurança, produção de alimentos. Isso reforça que pelo menos até 2023, ano em que Plutão ingressa em Aquário, as questões que envolvam poder e formas de ganhar dinheiro estarão em evidência e movimento no mundo.

Além da forma de como se ganha dinheiro, Touro também está relacionado aos valores pessoais e ao conforto. Com Urano aí, toda estabilidade nessa área será abalada. Provavelmente, surgirão novas formas de moeda e de transações financeiras modernas. As pessoas poderão questionar o valor que o dinheiro tem em suas vidas e o tempo que se dedicam a ganhá-lo. A forma de consumo também deverá ser repensada de uma forma mais sustentável”, aponta Flávia.

Relações afetivas

Diferentemente da década de 1980, que marcou uma mudança profunda na forma como nos relacionamos, atualmente vivemos um ciclo material, sob uma energia mais conservadora. Assim, a tendência é que as relações afetivas sejam encaradas de uma forma tradicional. As pessoas estarão mais dispostas a assumir relacionamentos sérios e estruturados, pelos menos nos primeiros três anos com essa onda de planetas geracionais em signos de terra.

Já na segunda metade da década, as relações afetivas podem se tornar mais flexíveis e serem vividas com mais liberdade e de diversas formas. A necessidade de segurança e estabilidade será substituída pela individualidade e pela vontade de viver o amor de um jeito mais frouxo. As relações poderão ser mais rápidas e superficiais.

Espiritualidade e Religião

Paralelo a esse emaranhado astrológico, até 2025, Netuno permanece em seu signo regente, Peixes, onde a sua força atua com potência máxima. Isso significa que as emoções continuarão a flor da pele. Além da necessidade de buscar um sentido místico para a existência, o que sugere que as pessoas continuarão buscando instituições religiosas para preencher essa lacuna.

 Em momentos de turbulência material, o ser humano tende a buscar um salvador sem muito senso crítico. A desilusão é um dos contrapontos à fé cega de um Netuno forte. As drogas também são pauta desse planeta. Enquanto ele estiver em Peixes, esse assunto tende a ser discutido sem muito objetivo. Com a entrada de Netuno em Áries, em 2026, podem nascer novos conceitos espirituais, assim como novos líderes religiosos.

Política

“Astrologicamente falando, a próxima década se inicia sob a forte influência da rara conjunção de Plutão, Saturno e Júpiter em Capricórnio. A crise mundial econômica, política e social tende a se intensificar em 2020, para que se possa de fato mudar e se tenha força para uma reestruturação em nova base na sociedade. Vivemos um final de ciclo.”

Tecnologia

“Plutão cumpre sua missão em Capricórnio e entra em Aquário em 2023. Isso pode marcar avanços tecnológicos e crises nas redes mundiais de computadores. Esse planeta rege transformações, crises e o poder.

É possível que tenhamos que lidar com ataques virtuais e cuidar mais das informações que fornecemos por meio digital. Nesse período, podem ganhar poder as organizações não governamentais, além de surgir lideranças com grande influência sobre a massa social.”

Trabalho e educação

“Em 2021, Saturno e Júpiter entram em Aquário reforçando a importância da tecnologia e dos grupos no mundo trabalho. Isso pode tanto estimular uma economia colaborativa e informatizada – nos moldes de coworking, Uber e Airbnb -, como também pode acirrar a disputa de grupos com ideologias diferentes.

Na segunda metade da década, em 2026, Urano entrará em Gêmeos e deve trazer avanços tecnológicos para os meios de comunicação e de transportes. A forma como circula a informação também deverá mudar, assim como o ensino nas escolas. O ensino à distância poderá ganhar força e as teorias de aprendizado devem passar por mudanças.

Será um período em que pessoas com ideias originais devem se destacar. Urano em Gêmeos estimula a liberdade de pensamento e faz com que a informação circule ainda mais rápido. O desafio será a qualidade dessa informação.”

Preparados?

Reprodução: Site de Notícias Metrópoles

Saiba mais sobre a profissional no link: Flávia Dias é astróloga e coworker Arkamatra.

Receba notícias da Arkamatra

Arkamatra - Saúde Integral

SCLN 107, Bloco C, Sala 102 A
Asa Norte - 70743-530 
Brasília/DF
(61) 99820-2878 e (61) 99842-7159

Latest News


©2019 Arkamatra - Saúde Integral. Todos os direitos reservados.